Gastronomia

LEITÃO Á BAIRRADA
O segredo da sua fama reside no saber e arte dos assadores da região, na escolha do animal (idade, tamanho e alimentação), na matança, nos preparos e temperos (banha de porco, alho, pimenta e sal) e no forno. Demora entre 1h30 a 2 horas a assar e fica com um aspecto final aloirado escuro e pele estaladiça. Serve-se quente, morno ou frio, com batatas fritas ou cozidas, rodelas de laranja, alface e acompanhado, preferencialmente, de vinho espumante.
 
CHANFANA Á BAIRRADA
Grande especialidade que teve origem na nossa terra, prato normalmente servido em ocasiões especiais em todas as festas religiosas, casamentos e baptizados. Pode ser de cabra ou carneiro e é cozinhada em forno de lenha, durante 4 a 5 horas, dentro de caçarolas de barro preto. Uma vez confeccionado só é servido dois ou três dias depois, acompanhado com vinhos da região. É servida em quase todos os restaurantes, embora nalguns casos seja necessário solicitar com antecedência devido ao longo período de preparação necessário.
 
CABIDELA
Outro prato típico. É confeccionado com miúdos do leitão (coração, pulmões e fígado) cortados aos bocadinhos, sangue e batata. É temperado com molho de leitão, banha de porco, sal, azeite, cebola, vinho tinto e água. Vai ao forno, demorando cerca de 40-50 minutos a assar. É assado por baixo do leitão aparando desta forma o líquido da assadura que vai escorrendo.
 
ARROZ DOCE
Sobremesa obrigatória nas ocasiões festivas, saboreia-se em casa com a família ou nos restaurantes da região.
Na região era usado como participação de casamento e pretexto para a apresentação do noivo, que o levava em travessas, acompanhado pela mãe e amigos, a casa das famílias conhecidas.
 
LEITE CREME
Em todos os restaurantes que se prezem, não pode faltar o leite-creme, devidamente coberto de açúcar torrado. Confeccionado a partir de leite e ovos é servido em travessas ou taças individuais.
 
VINHOS DA REGIÃO 
São néctares da região os Vinhos Maduros e Espumantes (Região Demarcada da Bairrada).